segunda-feira, 3 de maio de 2021

Manuela Gonzaga - Maria Adelaide Coelho da Cunha: Doida não e não!

Resumo:
Maria Adelaide é filha do fundador do diário de notícias, é uma pessoa culta, com uma vida aparentemente perfeita, casada com Alfredo da Cunha e com um filho de 25 anos, no entanto tudo muda quando se apaixona pelo motorista e resolvem fugir juntos.
O marido ao descobrir manda a policia atrás da esposa e interna-a num manicómio acusando-a de estar louca.
Numa época em que as mulheres não tinham voz e em que a palavra do marido era lei, Maria Adelaide vê-se numa luta para provar a sua sanidade mental e viver o amor que sente.

Opinião: 
Peguei neste livro sem grandes pretensões, não conhecia nada sobre a vida de Maria Adelaide e portanto achei que nem sequer ia gostar mas a verdade é que o livro é fantástico, "Maria Adelaide Coelho da Cunha: Doida não e não!" é mais do que uma biografia, é a história de uma mulher que amou e lutou por esse amor, que abriu mão do luxo e da posição social que tinha, que foi internada num manicómio porque se apaixonou pelo motorista mas que nunca desistiu de lutar e de amar..
E se a vida desta mulher já seria o suficiente para nos fazer querer ler o livro até ao fim, a verdade é que a escrita da autora ajuda e muito a que não o consigamos largar.
Um livro que vale muito a pena.



"A triste comédia da vida."

"Senti o coração sangrar."

"Memórias a que o tempo não rouba intensidade."

Sem comentários:

Publicar um comentário